Respirei fundo em Machu Pichu

IMG_0153

MACHU PICHU

É a viagem de sonho de muita gente, era minha também. Não tanto pelo lado místico do alinhamento das energias, dos Deuses invencíveis, e dos poderes ocultos…porra de pragmatismo que me lixa a elevação espiritual em muito chão onde piso a terra. O que me encantou mesmo, era saber que este vale foi descoberto, não assim há tanto tempo, primeiro por um mero pastor, e que voltou a ser redescoberto por um arqueolojista americano em 1911. O que me deixa completamente fascinada é saber que existiu uma civilização que decidiu inscrever morada nas montanhas, alinhar-se pelo solstício, criar todo um sistema de cultivo em patamares, 1000 pessoas que se organizaram em torno da construção de uma cidade auto-suficiente, que se deram ao trabalho de ir buscar areia onde só havia pedra, que materializaram uma cidade de sonho, num sítio feito de selva. O que me surpreende sempre, é a capacidade do Homem, e é aí, que para mim reside a verdadeira elevação espiritual. Isso sim, tira-me os pés do chão! Toda e cada vez, que me deparo com a grandiosidade das obras do homem. Foi o mesmo que me encantou na muralha da China ou nos templos de Bagan em Myanmar. Talvez porque sou uma admiradora convicta dos homens, uma crente nas nossas capacidades. E é por isso que respirei fundo em Machu Pichu a roçar a comoção, porque quando quero fazer dos homens, grandes, não os faço Deuses, faço-os homens.

Comments

comments