Não precisas de ser discreta

IMG_4172Sabes Primavera, a malta conhece-te de cor. Há muitos anos que és a composição favorita, o prenúncio da chegada da melhor estação, a introdução aos laranjas, o fôlego desacelerado, de quem curte sereno, a passagem que conduz ao Verão. Este é o espirito que prometes, um sol adolescente, sem a arrogância desmesurada do Verão, com aquela timidez marcada pela forma como intercalas os cinzentos claros com as nuances de amarelo. Sabes Primavera, a malta tem todo um armário para te receber, cheio de linho e algodão. Sei que deves andar no bem-bom, nos braços apertados de um Inverno de apego, sei que te queres demorar no quentinho dos edredões e queimar mais umas linguiças no assador. Sei o bem que te sabe o tinto e a braza que ficas com as meias de lã subidas, de pernas entrelaçadas num abraço dos bons. Sabemos sim Primavera, porque nós também andamos todos enrolados no Inverno. Mas o que a malta agora queria, é dar em cima de ti, levar-te de manhã ao paredão da marginal, almoçar contigo um peixinho escalado, e sorver juntos umas minis enquanto os raios de sol aterram sem escala na nossa pele. Como sabemos que sabes, o bem que sabe, sabia-nos a todos bem, que aparecesses amanhã, a colorir de rosa o pôr-do-sol. E não precisas de ser discreta, se apareceres de mini-saia aposto que fazes fulgor:)

Comments

comments