Mar de sal

IMG_0552-2

Parece gelo mas não é.
É tudo sal numa superfície de 10582 km² de área. Estima-se que o Salar de Uyuni contenha 10 bilhões de toneladas de sal, um mar de sal a perder de vista.
A desenhar a linha do horizonte estão as cordilheiras do altiplano andino. Um céu de um azul perfeito, aquela cor que nem misturada em baldes daria o mesmo pantone. O chão tem o padrão de favos de uma colmeia, ladeados a montinhos de sal, perfeitos, iguais, indescritíveis. Não dá para acreditar que estamos mesmo ali, aqui, numa paisagem única, pequeninos, relativizados, encaixados numa paisagem que não precisa de nós.
Aqui sim, era imperdoável não tirar uma fotografia. Sabendo de antemão, que aquilo que a imagem leva, deixa de fora tudo o que foi presente naquele momento, o ar frio, inodoro, as cores e a sensação.
Quando contar às loiras a aventura e lhes mostrar as imagens, talvez utilize a analogia do filme Frozen, para sentirem o mágico que é estar num sítio assim. O pior que me pode acontecer é ter que regressar com o agregado à Bolívia. E quando sabemos que o sal seca a terra, aqui também nos lembramos que é um dos melhores temperos da vida.

Comments

comments