As loiras invadem o pedaço

fgh Estou de cama. Modo OFF.
Fintei a gripe no fim de semana, mas ao que parece ela trabalha à segunda:( e pela primeira vez em muitos anos fui atirada para a cama, sem passar pela casa da partida para recolher coisa alguma.
Como sou indisciplinada, já madruguei para ir às finanças e ao banco, mas aqui a minha ventriloqua já acusa a dificuldade em erguer os braços da boneca.
E a voz? Sumiu por completo.
Não tarda as loiras invadem o pedaço… pode ser que com o medo do furacão a gripe fuja, já que eu, por oposta hipótese, só tenho mesmo a fuga para debaixo dos lençóis. Até pode ser que elas se tentem aproveitar da minha condição de fraqueza, é muito provável mesmo. Mas também sei que quando me virem na cama, é lá que vão querer ficar. E troco bem a cabeceira dos ben-u-rons pelas cabeças coladinhas das minhas loiras.

Comments

comments