A terra parece que respira

mocambique_8055Nunca foi muito a minha “praia” fotografar paisagens. Para mim são como o começo de um teatro, quando o palco está montado mas os actores ainda não entraram em cena. Existe imensa beleza na forma como as coisas se arrumam à nossa frente e há imensa tranquilidade quando o olhar se esvazia de gentes e a terra parece que respira por breves momentos. Mas quando as pessoas entram em cena, os lugares ganham vivência e histórias, e uma cor que marca a geografia dos espaços. Às vezes pisamos pesados e com a violência de quem quer tomar o belo para sí, raptamos a beleza da paisagem quando a povoamos com os nossos caprichos. Pelo meio, edificamos cidades lindas, desbravamos campos que mereciam ser eternas planícies e fazemos residência onde só devia haver lugar para aquele caos. Esta imagem não é o exemplo mais singular de uma paisagem, é uma estrada, e as estradas são veias forçadas na paisagem. E como sou apaixonada por coisas que ligam, pulsam e transportam, é aqui que paro sempre para fotografar, na berma ou no centro deste corte forçado na paisagem que é um garante de vida.

Comments

comments