Blog Archives

WORKSHOP PHONE PHOTOGRAPHY

“Com a técnica certa e um olhar mais atento, podes utilizar o teu telemóvel como máquina fotográfica e tirar fotos que ninguém diria que foram captadas com um telemóvel.”

Para quem quer tirar melhores fotografias com iphone, do que algumas pessoas tiram com DSLR´s
Se queres ir além de snapshots simples, clicar e disparar
Se a tua máquina BOA fica parada porque tu tiras mais fotos com o telemóvel
Porque nas férias e fins de semana não queres andar com um trambolho nas mãos e no telefone tens tudo
Porque olhas para algumas fotos de amigos e amigas e pensas: “Como é que ele fez aquilo?”

Programa
– Configurar a Câmara do Telemóvel
– Criação de Galerias
– Aplicações de Edição de Imagem: VSCO, SNAPSEED
– Criação de Filtros próprios
– Publicar em Instagram e outras redes

Informações: isabel@isabelsaldanha.com

Comentar

WORKSHOP DE PHONE PHOTOGRAPHY

“Com a técnica certa e um olhar mais atento, podes utilizar o teu telemóvel como máquina fotográfica e tirar fotos que ninguém diria que foram captadas com um telemóvel.”

A quem é que se destina?
A quem quer tirar melhores fotografias com iphone, do que algumas pessoas tiram com máquinas fotográficas.
A quem anda sempre com a máquina mas tira 90% das fotos com o telemóvel.
A quem gosta de ver uma foto bem trabalhada.
Porque olhas para algumas fotos de amigos e amigas e pensas: “Como é que ele fez aquilo com o telemóvel?”

Programa
1 – Conhecer os diferentes dispositivos: telemóveis e tablets (Android e iOS)
2 – Configurar a Câmara do Telemóvel
3 – Possibilidades e limitações da fotografia mobile
4 – Medições de luz
5 – Composição e Enquadramento
6 – Criatividade e imagem de autor
7 – Aplicações de Edição de Imagem: VSCO, SNAPSEED, INSTAZZ
8 – Aplicação de Texto
9 – Publicação em redes sociais: visualizações, Hashtags, partilhas
10 – Exercícios práticos

O valor total do workshop são 80 € .

Para formalizar a inscrição e assegurar a vaga deverá liquidar o valor total correspondente à sua participação, através do IBAN: PT50 0033 0000 00042544507 57 | Millennium BCP 
(Nota: A transferência deve ser notificada com o envio do comprovativo para o email: isabel@isabelsaldanha.com ).

Enviarei um email de confirmação da inscrição junto com as indicações da morada.

Termos e Condições:

1. O pagamento total do Workshop deve ser realizado de imediato para garantir a vaga, através do IABN: PT50 0033 0000 00042544507 57 | Millennium BCP  (Nota: A transferência deve ser notificada com o envio do comprovativo para o email: isabel@isabelsaldanha.com)
3. A ficha de inscrição enviada só será considerada efectiva quando tiver sido liquidada o valor do Workshop. 
4. Quando as transferências bancárias forem feitas por outra pessoa que não os mesmos, estes devem informar sempre por e-mail, qual o nome da pessoa que efectuou o pagamento.
5. Se o participante pretender desistir da frequência do workshop, o valor da inscrição não será devolvido.

 

Comentar

No Ginásio

12291814_1259341050758196_504432449843383983_o

Hoje deixei as loiras na escola e segui para o ginásio.
Não devia ter levado o telemóvel, com a desculpa da minha playlist, porque recebi uma chamada de uma amiga e fiz 45 minutos de glúteos, que era basicamente a única posição possível para segurar o telemóvel e continuar a fazer qualquer coisa pela vida.
Tive uma hora no ginásio. Desci aos balneários, tomei banho e fui para o meu cacifo arranjar-me. Disse bom dia à rapariga de fio dental que se secava ao meu lado. Não respondeu.
Inquieta-me sempre a não reciprocidade na simpatia.
Mas cada um escolhe como quer viver. Nisto chega uma rapariga gordinha de sorriso rasgado, diz bom dia, eu respondo com um sorriso, o fio dental fica calado.
Concentrada que estava, desvia o olhar de soslaio e continua a colocar o creme. O cacifo da gordinha era colado ao da fio dental. e enquanto arfava a abrir o cadeado e salta-lhe uma fita grossa para cima da miúda calada. Pede desculpa, meio atrapalhada, meio sorridente. Eu sorrio, são coisas que acontecem.
A miúda do fio dental sacode para o chão, a fita que lhe cai sobre o peito. E suspira. Talvez desejasse a tranquilidade de um ginásio só dela, imagino. Debruça-se para fechar as botas, visivelmente apressada, muito provavelmente para se meter na sua nave e fugir ao contacto com a humanidade. Nisto, a gordinha nervosa deixa cair a toalha presa na porta do cacifo, sobre as costas do fio Dental. Baixa-se imediatamente, rindo de si mesma pela sucessão de trapalhadas. Olha para mim em busca de empatia e eu devolvo-lhe um sorriso grande. Há dias em que tudo nos cai. A miúda do fio dental levanta-se, agarra na toalha com a mão fechada, volta a coloca-la sobre a porta do cacifo com brusquidão e diz: – Estou bem aqui?
Não resisti e respondi-lhe: – Acho que só você é que pode responder a isso.
(Suspirei, igualzinho a ela e fui-me embora para a minha nave).

Comentar

Eis. Ei-lo. Chegado. Vivido. Presente. Acusado.

11894586_1202616503097318_6871599891849318449_o

Eis. Ei-lo. Chegado. Vivido. Presente. Acusado.
O momento em que vais ao ATM carregar o telemóvel da tua filha pela primeira vez.
Entrego-me. Permito-me. Faço. Dou. Consinto.
Mas peço-te a ti, só a ti, força suprema, repositório aspiracional de toda a humanidade, causa incansável, força centrífuga:
Tudo o que lhe deres em WIFI, dá-lhe em sensibilidade.
Para que aquele objecto, que repousa nas suas mãos, não seja mais que instrumento ao serviço de uma grande cabeça e de um coração ainda maior.
Eu. Zeladora. Mãe. Cuidadora. Progenitora. Orientadora.
Prometo estar atenta aos vícios, solicitações, e demais usos que daí advenham.
Certa, de que uma vez aberta, a pequena porta…é trilho.
Não necessariamente sarilho. Meio utilitário, não necessariamente contrário, a tudo o que eu acredito.
E agora Log off.
Que já me ensinaste que o exemplo de cima reflete-se em baixo.

Comentar

As pessoas avisam-nos.

YE2A9389

As pessoas avisam-nos.
Mas ninguém põe a cabeça nos carris para saber quando vem o próximo comboio.
E assim, quando ainda pagava no guichet a comprar o bilhete da 1ª carruagem da infância, olho para ti e vejo-te com um telemóvel na mão a perguntar à entrada de um restaurante:
– Aqui há wifi?
Sorrio meio parva. Sinto o cabelo toda a esvoaçar, ao mesmo tempo que o comboio avança sobre a linha.
Não tenho a cabeça no carris, mas tenho o coração a querer agarrar o vento:
– Aqui há amor. (fuck it)

Comentar

Vais ser mãe, Caraças!

IMG_0011_8080

Não atendeste o telemóvel e eu avancei.
És das pessoas mais discretas que conheço, mas também és a minha melhor amiga. Condescendo, que algures na constituição da nossa amizade, devo ter um crédito de Excessos(não respondas aqui LOL), a certeza absoluta do teu perdão e o direito a uma amizade sem condições.
Vais ser mãe, Caraças! Ainda nem acredito.
E não podes beber vinho, acho que foi a primeira coisa que te disse, mesmo antes dos Parabéns:)
Eu vou ser madrinha (corajosa), e a minha Maria Ana, vai ser a mais recente #filhadamãe. Princesinha da minha objectiva e musa da minha gramática:) Mas isto não é nada, este textinho introdutório, é só para avisar que mais logo, vou publicar um texto que escrevi sobre a nossa amizade numa época em que nos limitávamos a ser umas #filhasdamãe como deve ser.
Tenho saudades disso e de ti.
Atende o telemóvel sff.

Comentar