Blog Archives

Assim está bom. Dizem

12109893_1232360983456203_8523022729132478373_o

Assim está bom. Dizem.
Não é só o malte que esborrata as unhas é a pressa de mexer as mãos.
Hoje não me quero mexer.
Quero poisar-me. Poisar o olhar nas vossas invenções, a minha boca nas vossa bochechas e os meus braços em cada parcela do vosso corpo. Hoje pintem a manta. A minha, a vossa, a nossa. Encham-me a casa de sentido, até que os sentidos se esvaziem das pressas.
Assim está bom. Dizem.
Assim é melhor. Sinto.
Hoje não me quero mexer.

Comentar

Palavras

Anos Eugénio + Pascoa

Sempre gostei das palavras ditas ao ouvido.
Mesmo quando na sala vazia éramos só nós.
Não guardo rancor do silêncio é nele que cultivo as minhas palavras. E se às vezes me calo e me demoro é só porque me reservo ao cuidado das palavras mais certas.
E quando falho?
Vou vasculhar no silêncio de mim, o sinónimo mais ajustado a tudo o que ainda tenho para dizer.
Dizem que sou a miúda das metáforas.
Sou mesmo. Mas não pelo conforto do duplo sentido.
Só mesmo pelo romance que existe na pintura de cada uma das palavras.

Comentar