Blog Archives

Estou lixada contigo.

12291083_1263891856969782_6589690651902321521_o

Estou lixada contigo.
Quando avanças pelas letras, tropeças nos números. Quando levas o equipamento da ginástica, deixas para trás a lancheira.
Se comes a sopa, não tens fome para o arroz. Se tomas banho sozinha, não te queres vestir. Quando queres ler, não te consegues deitar. Quando acordas não te apetece comer.
Quando estou cansada, queres estudar. Quando te peço para fazer os Tpc´s estás cansada. Queres passar a vida na rua, mas quando te visto o casaco dizes-me que gostavas de ficar hoje em casa….
Às vezes acho que preciso de vitaminas extra para lidar contigo.
Um copo de tinto não chega para me apaziguar.
Também sou balança de signo, mas se oscilasse da mesma forma já tinha entornado a bandeja.
Não está fácil conduzir-te na escola e hoje percebi que esse interesse súbito pelo Afonso, tem um segredo:
É por ele que copias os Tpc´s de Matemática.
Toda a gente elogia a tua falta de travões: a facilidade com que comunicas o que queres, a tua gargalhada alta e a destreza com que te desembaraças entre adultos e pequeninos.
Não te quero cortar o barato balancinha, adoro gente desembaraçada, mas todas as grandes conquistas da vida dão trabalho, carecem de tempo, investimento e dedicação. A mesma com que me faço a ti, todos os dias, na qualidade de mãe.
Sei que às vezes chumbo no teu teste. Mas não me importava nada que começasses a copiar um bocadinho de mim:).

Comentar

Venha daí senhor Outono

12080247_1233789549980013_238299249297582210_o

Venha daí senhor Outono com esse abanar de ancas, que só faz cair é folha.
Venha daí Senhor Outono acordar a pele ao solavanco dos arrepios e embrulhar as almas em lã grossa.
Venha daí Senhor Outono empurrar os casais para o fundo de um abraço num ninho feito de sofá. Venha daí Senhor Outono resgatar a paixão da leitura aos fins de tarde do Verão.
Venha daí Senhor Outono lembrar que a Saudade é bicho sem pressa. Lembrar às pessoas, que mesmo em chão firme o corpo escorrega. Venha daí Senhor Outono, encurtar o dia para nos lembrar que a noite também pertence ao sono.
E venha sem pressa, porque as memórias de Outono, amparam as saudades do Verão, preparam o corpo para o Inverno e devolvem-nos sempre a sensação que o Senhor Outono anda de caso com Prima Vera.
Venha daí Senhor Outono.
Venha daí.

*Shooting Editorial For CRISTINA | Milão

Comentar

A três, as três

12079813_1233641739994794_2649987883300654520_o

Este fim de semana passamo-lo a três, as três.
Há muito, que vocês pediam a mãe, só a mãe.
Há muito, que já vos devia ter dado a mãe, só a mãe.
Sem uma mala feita à pressa e um chek-in qualquer.
Só o usufruto pleno do nosso espaço, a colonização das nossas paredes, a cama revirada, o bacon, o ovos e a tentativa do bolo de chocolate. Soube me bem demais acordar embrulhada nas vossas pernas, com a comichão dos vossos cabelos e o quentinho da vossa respiração. Nem sei se dormi seguido, no aperto consolado dos vossos corpos, mas há muito tempo que não me sentia assim tão descansada.
Ainda bem que o amor também se exige.
Para depois de se dar.
Para aprender a receber outra vez.
Bom dia.
E boa segunda-feira!

Comentar