Melancólica hibernação

IMG_0063_4884

Tenho um medo que me pelo de Setembro.
Sinto-me literalmente, como se entrasse na toca do urso e o acordasse de uma súbita e melancólica hibernação. Ele é inscrição, matrícula, material escolar, apresentação, prazo, arranque, início, começo, e todas as demais declinações e sinónimos que remetem ironicamente, para a palavra “princípio”. A mim, não me sabe puto a princípio, sabe-me a looping, a loucura, a tortura de “fazer” desmedido, sabe-me a deadline, a corrida. Acabadinha de chegar da dormência de Agosto, dou por mim em Setembro, sem aqueles segundos de tolerância que nos dão as máquinas de ginásio para a malta não tropeçar a sair. De repente, toda a gente quer tudo, a toda a hora, à mesma hora. Dou por mim a buzinar no trânsito, a suar nas escadas (porra, tenham calma que moro num 4º andar sem elevador), a rever horários, a tirar e a pôr o auricular, como se fosse uma telefonista de principio de século. O meu multibanco amuado, troca a factura das amêijoas à bulhão pato, o pão torrado e a imperial, por packs de leite, packs de cadernos e packs de livros escolares. E a somar a isto tudo, as aulas só começam lá para o meio, quando até as dietas mais improváveis já arrancaram.
Não percebo! Nunca me lembro como é que fiz no ano anterior. Sabe-me tudo a amarga novidade.
Numa semana já perdi as minhas aptidões de entertainer e todos os paus de bateria, na vontade de ser progenitora e animadora. Já não há recursos financeiros que suportem mais uma semana de diversão para as petizes, e tudo o que me apetece é regressar aquela rotina de m*a que insulto lá para o meio de Novembro.
Juro, que se oiço mais uma vez a pergunta: – O que é que vamos fazer amanhã? Sou capaz de ser chamada à segurança social por violência gramatical. E como se ainda não bastasse, resolvi parir as duas loiras em Setembro, e início de Outubro, só para somar ao suor físico e financeiro do mês, toda a exigência de ver as crianças felizes na celebração dos seus respectivos aniversários. Quando eu sei tão bem… quem é que merecia os Parabéns:))

Comments

comments