Até lá, deixem-me curtir o tinto à janela

bicicleta cascais

Nestas minhas resoluções, devia haver espaço para uma bicicleta, uma liquidificadora e umas corridas de final de dia.
No instagram, farto-me de seguir páginas de sumos verdes e abdominais para ganhar coragem.(São todas iguais!!!)
Esta mudança comportamental em direcção à Saúde da família, é a próxima paragem, mas custa para “caraças” interferir com a mudança de hábitos.
E se eu, que sou supostamente adulta, resisto às sementes de chia e ao pão escuro, só de pensar em convencê-las (e a mim), a trocar os manhasitos já embalados, pela sandes com alface e fiambre, tremo!
Fico verde, igual à cor dos batidos detox, quando penso na quantidade de hábitos que tenho, viciados pela força da capitalização máxima do tempo. Tenho uma dispensa cheia de latas e um frigorifico cheio de refeições rápidas. Vou ao ginásio (tento), mas já nem me lembro da última vez que fiz exercício ao livre, que não fosse a mera obrigação de andar a correr atrás das crias pelos jardins.
Para já, vou começar com a mudança da casa. Um novo habitat é sempre um móbil, altamente promissor, para arrastar uma data de mudanças atrás.
Depois, logo vem a bicicleta, a leggin à pró, os ténis de rua, as caminhadas, os treinos outdoor e os TRXS.
Até lá, deixem me curtir o tinto à janela, o rio, as taças de chocapic e as minhas minis de fim de dia, com a tigela carregada de azeitonas e amendoins. Mudar, sempre! Mas devagarinho…para não tropeçar:)

* Shooting Anna Westerlund for Vintage Bazaar

Comments

comments