A vida não trota, galopa

IMG_8216_6713Este é o último fim de semana com as loiras antes de arrancar….quando temos uma cenoura destas, a vida não trota, galopa e tudo parece conciliar-se na perfeição. Mesmo os stresses de última hora ganham a força do esforço do sprint final.
De repente achamos que nas 48 horas que antecedem qualquer viagem, podemos ficar sem dormir, porque recuperamos no avião, começamos a poupar na roupa porque achamos que vamos utilizar no destino e descongelamos as refeições todas como se fossemos de Erasmus. Para mim, viajar está no Top 3 das coisas que mais adoro fazer. Sendo que os restantes tem a simplicidade de um copo de vinho e o sabor da costa alentejana, num fim de tarde de Verão. As loirinhas já sabem que não vou estar cá no meu dia de anos, mas o que as chateou mesmo, foi o facto de não as levar. Não espero que percebam tão cedo, talvez quando forem mães ou pré-adolescentes, com sede de liberdade, percebam a minha sede de ir ao pote sem os dois cântaros.
Como a Caetana é “maiorzinha”, não se ficou pelo “volto já” e para a convencer do propósito da minha viagem, disse-lhe que ia à frente, só para fazer o reconhecimento do território, ver os locais porreiros, visitar as atracções, numa espécie empolada de brigada anti-minas. Se o sítio valesse a pena, voltaria para as levar comigo. Pelo sim, pelo não, vou fazendo a mala as escondidas e antes de me sentar em cima para fechar o Zip, vou só espreitar, para ver se não levo um cântaro loiro, escondido entre os excessos desnecessários da minha mala feminina.

Comments

comments