A minha e as minhas Famílias

Fico sempre com muita ternura quando vejo uma mãe e uma filha abraçadas.
Deve ser porque ando atrás da minha Mogli (a minha filha mais nova) e não recebo nada.
Já sei que é uma fase, andamos nisto desde que se pôs de pé, mas pode ser que passe lá para os 25.
Também queria muito, fazer uma sessão fotográfica com as minhas, antes que elas achem tudo isto abominável. Estou cansada dos seflies familiares em que uma de nós fica invariavelmente com um membro cortado, quando não é mesmo a cabeça.
Com a Caetana safo-me a fotografar, mas com a Camila só com um fotógrafo sniper atrás de um arbusto.
Andamos com mau feitio. E apesar da naturalidade que se quer numa sessão, não gostava de a imortalizar de trombas, mesmo que isso corresponda à verdade 90% das vezes.
Obrigada Tiago e Família por me deixarem partilhar as vossas fotografias. A vossa miúda também tem um feitio efervescente, já o pequenino está na maior em qualquer cenário e circunstância. Tinha saudades de vos mostrar as minhas sessões, tenho muitas para partilhar. Boa gente, bons momentos fazem boas fotos.
E no fim de semana do feriado vou fazer a minha sessão, nem que levE o bolso cheio de gomas para a criança sorrir:)

Comments

comments